Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/03/19 às 17h26 - Atualizado em 22/03/19 às 17h30

População da Candangolândia abre as portas e aplaude “SOS DF Justiça”

 

 

 

 

A comunidade da Candangolândia contou com uma ação itinerante inédita na cidade nesta sexta-feira (22), de oferta de vários serviços do Governo do Distrito (GDF), através da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus/DF). A ação integrada prossegue neste sábado (23) com a presença do governador Ibaneis Rocha e do secretário da Sejus, Gustavo Rocha, às 10h. A Administração Regional da Candangolândia e diversos órgãos do GDF participam da ação denominada “SOS DF Justiça”. Neste sábado, as ações acontecem no Salão Comunitário local, das 9 às 17 horas.

 

Nesta sexta-feira, o projeto “Ser Criança”, da Sejus, em parceria com a ONG Vila dos Sonhos, abriu o evento SOS DF Justiça com a apresentação de um teatro sobre a temática de orientação e prevenção ao uso de drogas. O projeto é voltado às crianças de 7 a 12 anos nas Regionais de Ensino do DF. A apresentação aconteceu na Escola Classe 01 da Candangolandia. Rodrigo Barbosa, subsecretário da Subsecretaria de Enfrentamento às Drogas (Subed), comemorou: “Fizemos uma ação de prevenção com crianças e foi muito produtiva, os pais também estiveram presentes. Inclusive, já foi solicitada a iniciativa em outras escolas, com a mensagem de Drogas tô Fora”.

 

Também em escola, no Centro de Educação Infantil da Candangolândia, pais e mães tiveram acesso a palestra sobre violência e a criação dos filhos. “A mensagem hoje não é sobre como criar os filhos, mas trazer o pensamento de como vocês têm tratado e o que têm dito para eles para incentiva-los a acreditarem neles mesmos”, ensinou Juciara Rodrigues, subsecretária da subsecretaria de Apoio às Vítimas de Violência da Sejus. “E a ação na escola traz vários atores sociais importantíssimos, não só alunos, mas pais, professores, não só para mostrarmos nosso trabalho, mas para trazermos valores, posturas e reflexões para uma criação amorosa e carinhosa dos nossos filhos”, disse.

 

Além das escolas o atendimento à comunidade deu-se dentro do Salão Comunitário local com serviços do Procon, da Defensoria Pública para orientações jurídicas, do Na Hora. Para o diretor diretor-geral do Procon, Marcelo Nascimento, “a ação integrada permite ao consumidor abrir reclamações e solicitar esclarecimentos próximo à sua residência e aproxima a Sejus do cidadão”.

 

Manoel Antunes, subsecretário da Subsecretaria de Assuntos Funerários (Suaf) destaca que muita gente desconhece a Suaf, que é muito importante porque, num momento de maior sofrimento para a família, ela presta importantes esclarecimentos. “A Suaf está aqui para trazer as informações necessárias ao cidadão de como fazer um funeral, para ele não ser extorquido, não pagar absurdos como algumas funerárias tentam fazer”.

 

Um dos serviços mais procurados na ação foi os oferecidos pelo Na Hora. “Esta é a primeira ação itinerante do Na Hora e nosso objetivo é faze-la em mais cidades administrativas do DF para facilitar a vida da população das cidades que ainda não têm sede do Na Hora”, disse Tiago Santana, subsecretário do Na Hora, que continua disponibilizando neste sábado os serviços de carteira de identidade, CPF, trabalho e orientação jurídica junto à Defensoria Pública.

 

Lembrou a subsecretária de Políticas para Crianças e adolescente, Adriana Faria, que o governador Ibaneis Rocha orientou às secretarias para estarem cada vez mais próximas da comunidade. “E a Sejus tem essa vantagem de ter vários serviços disponíveis para a população. A ideia é atender cada vez melhor e reduzir as desigualdades sociais. A subsecretaria da Criança está aqui com os conselheiros tutelares de plantão fazendo esclarecimento sobre o funcionamento dos conselhos e prestando atendimento a esta comunidade”.

 

Já o subdefensor Geral da Defensoria Pública do Distrito Federal, Danniel Vargas, elogiou a iniciativa da Sejus. “Estamos muito satisfeitos de participar dessa ação junto a essa secretaria para possibilitar que as pessoas que mais precisam tenham serviço de forma mais eficiente e próxima”.

 

Maria de Fátima Silva, moradora da cidade, compareceu para tirar a segunda via de identidade e conta como a iniciativa da Sejus facilitou sua vida. “Esse serviço foi muito bom, porque teria que marcar agenda para fazer isso e eu não tinha tempo”, explica.

 

Programação no sábado

 

Neste sábado, dia 23, com a presença do governador Ibaneis Rocha e do secretário Gustavo Rocha, os serviços serão retomados com ações educativas e lúdicas. A população poderá contar também com profissionais para corte de cabelo; exibição de capoeira, hip-hop, mala do livro, contação de história e pintura de rosto de crianças. Profissionais da área de direitos humanos estarão fazendo atendimento e encaminhamento de currículos e promovendo o recadastramento de pessoas com deficiência. Palestras sobre combate à LGBTFobia e ao racismo, serão proferidas.

 

São parceiros da Sejus na iniciativa a Administração Regional da Candangolândia, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), a Delegacia Regional do Trabalho (DRT), a Receita Federal, a Defensoria Pública e o Helios Cabeleireiro.

Subsecretaria de Modernização do Atendimento Imediato ao Cidadão - Governo de Brasília

NaHora

ENDEREÇO