Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/05/19 às 14h07 - Atualizado em 24/05/19 às 14h07

Subsecretaria de Apoio a Vítimas de Violência

Estrutura

 

Subsecretária: Juciara Rodrigues

E-mail: juciara.rodrigues@sejus.df.gov.br

Telefone: 2104-4224/ 4218

 

DIRETORIA DE PREVENÇÃO E COMBATE À VIOLÊNCIA

 

Diretoria que desenvolverá ações orientadas:

 

  • à elaboração, à implementação, ao acompanhamento e à avaliação de projetos/programas educacionais com foco nos egressos do sistema socioeducativo e nos alunos do Ensino Fundamental e Médio;
  • à elaboração, à implementação, ao acompanhamento e à avaliação de projetos/programas de intervenção precoce e de combate à violência no DF com foco nas mulheres;
  • ao monitoramento e à análise de indicadores relacionados à violência no DF, a fim de gerar informações que fundamentem programas, projetos e demais ações de órgãos e entidades do GDF, assim como políticas públicas, por meio de diálogos de cooperação com instituições produtoras de dados.

 

DIRETORIA DE ATENDIMENTO A VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA

 

Diretoria responsável pelo PRÓ-VÍTIMA, programa de atendimento de psicologia e de assistência social, voltado a vítimas de violência doméstica, intrafamiliar, psicológica, física, sexual e institucional.

 

Ao ingressarem no programa, as vítimas são acolhidas e orientadas sobre seus direitos socioassistenciais, além de participarem de sessões de terapia de apoio individual, com foco na violência vivenciada, para o restabelecimento do equilíbrio mental e emocional.

 

Os serviços do PRÓ-VÍTIMA são gratuitos, para todas as pessoas, independentemente de idade, identidade de gênero, condição social, não havendo necessidade de comprovação de hipossuficiência econômico-financeira. A vítima de violência pode buscar os núcleos de atendimento de forma espontânea ou ser encaminhada por instituições e/ou autoridades públicas, assim como por amigos, parentes ou pessoas da comunidade.

 

Os atendimentos são realizados por equipe técnica, formada por psicólogos e assistentes sociais, e ocorrem em núcleos situados em várias regiões do Distrito Federal.

 

NÚCLEOS DO PRÓ-VÍTIMA

 

 

PROJETOS NO ÂMBITO DO PRÓ-VÍTIMA

 

O Projeto “Banco de Talentos” tem como principais objetivos apoiar o empreendedorismo e empoderar economicamente as mulheres atendidas nos núcleos do Pró-Vítima.

 

As atividades propostas no projeto compreendem a oferta de cursos de formação e capacitação, a assessoria para o ingresso ao mercado formal de trabalho, a promoção de oficinas de aprendizagem artesanal e a realização de feiras para a comercialização de produtos e serviços.

 

A implementação de tais atividades contribuirá para a autonomia econômica das mulheres, em situação de violência, garantindo-lhes igualdade de oportunidades e condições de acesso, remuneração e permanência no mundo do trabalho.

 

 

O Projeto “Mentes em Movimento: dando voz às vítimas de violência” oferece atividades que vão além da terapia individual, criando momentos de resgate da palavra, expressão e autonomia das vítimas atendidas pelo PRÓ-VÍTIMA.

 

São encontros, promovidos em cada núcleo, orientados e coordenados pela equipe, cujo principal objetivo é desenvolver a consciência crítica das vítimas, capacitando-as para o reconhecimento e a viabilização de seus direitos.

 

Por meio de reuniões, oficinas e dinâmicas em grupo, o projeto investe em estratégias de promoção da qualidade de vida, assim como no trabalho, a partir de temas voltados à prevenção da violência, à autoestima, aos cuidados com a saúde, à equidade de gênero, entre outros.

 

O Projeto “Encontros com a Rede” visa fortalecer as parcerias entre o PRÓ-VÍTIMA e os demais serviços, que atendem a vítimas de violência, com a finalidade de implementar as políticas públicas relacionadas ao tema com maior eficiência. Durante as reuniões mensais são realizados estudos de caso, análise e avaliação de pesquisas. Além disso, a rede organiza eventos e dialoga sobre campanhas educativas.

 

GERÊNCIAS

 

A GERÊNCIA DE GESTÃO DOS NÚCLEOS trata das questões administrativas, tais como remessas de material de consumo, reparos nos espaços físicos e manutenção, gestão de contratos/termos de cooperação. Além disso, controla o sistema de gestão de atendimentos, produzindo relatórios de acompanhamento e informações sobre as vítimas atendidas pelo PRÓ-VÍTIMA.

 

A GERÊNCIA DE ENFRENTAMENTO AO TRÁFICO DE PESSOAS E APOIO AO MIGRANTE atua em duas principais frentes:

 

  • parcerias com organismos nacionais e internacionais que desenvolvem programas bem-sucedidos voltados a migrantes e refugiados;
  • protagonismo e participação efetiva no Comitê Distrital de Enfrentamento ao Tráfico de Seres Humanos, a fim de propor normativas e instrumentos normativos de prevenção, repressão e atendimento a vítimas.

 

 

 

 

 

Subsecretaria de Modernização do Atendimento Imediato ao Cidadão - Governo do Distrito Federal

NaHora

ENDEREÇO