Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/12/17 às 16h01 - Atualizado em 26/12/17 às 16h01

Histórico da Unidade de Assuntos Funerários

O Governo do Distrito Federal administrava diretamente os serviços de cemitério até o ano de 2001. Inicialmente, por intermédio da extinta Fundação das Pioneiras Sociais, passando pela Fundação do Serviço Social e, em seguida, pela Secretaria de Ação Social.

Após licitação, no ano de 2002, a administração dos seis cemitérios ativos de Brasília foi concedida à empresa Campo da Esperança Ltda, ficando a Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest) com o encargo de fiscalizar a execução do contrato de concessão firmado entre a citada empresa e o governo local.

Naquela oportunidade, estava contida na estrutura da Sedest a Regência de Necrópoles, que era o setor responsável pela fiscalização dos serviços de funerárias e cemitérios.

Em 2008, a Sejus/DF recebeu a a área de normatização, regulação e fiscalização dos serviços funerários e de necrópoles desta capital, dando origem à Comissão Executiva de Assuntos Funerários. Em agosto de 2011, após nova reestruturação, fica criada a Coordenação de Assuntos Funerários, que mais tarde passou à denominção de Unidade de Assuntos Funerários.

Subsecretaria de Modernização do Atendimento Imediato ao Cidadão - Governo do Distrito Federal

NaHora

ENDEREÇO